As Escolas Médicas e os desafios da formação médica diante da epidemia brasileira da COVID-19: das (in)certezas acadêmicas ao compromisso social.
PDF

Palavras-chave

COVID-19
Pandemia
APS
Educação Médica

Como Citar

de Oliveira, S., Postal, E., & Afonso, D. (2020). As Escolas Médicas e os desafios da formação médica diante da epidemia brasileira da COVID-19: das (in)certezas acadêmicas ao compromisso social. APS EM REVISTA, 2(1), 56-60. https://doi.org/10.14295/aps.v2i1.69

Resumo

A epidemia de Covid-19 no Brasil já se constitui uma das mais impactantes questões de saúde pública na realidade do País e no mundo moderno, em decorrência das múltiplas consequências e tensões que atingem a nossa sociedade. Ainda que o foco esteja na proteção aos usuários e à comunidade, o cenário de epidemia no Brasil interferiu de forma abrupta no processo educacional da formação médica e de outros cursos da saúde, exigindo um remodelamento emergencial e demandando atenção e diálogo ágil entre educadores, gestores e sociedade.  A preocupação com o impacto da epidemia na formação dos futuros médicos, está presente ao redor do mundo(1), com ênfase no desafio de adequação do processo formativo  ao cenário de epidemia, em função da não integralização das cargas horárias preconizadas, do deslocamento das atividades previstas  para alguns campos de prática diversos, da possibilidade e antecipação das formaturas e do uso adicional de tecnologias educacionais à distância, que podem impactar a execução  do projeto pedagógico original dos cursos, bem como das próprias diretrizes curriculares nacionais. 
https://doi.org/10.14295/aps.v2i1.69
PDF

Referências

Ahmed, Hanad; Allaf, Mohammed; Elghazaly, Hussein. COVID-19 and medical education. THE LANCET. MARÇO 2020.

Rose S. Medical Student Education in the Time of COVID-19. JAMA. Published online March 31, 2020. doi:10.1001/jama.2020.5227

Ferrel M N, Ryan J J (March 31, 2020) The Impact of COVID-19 on Medical Education. Cureus 12(3): e7492. doi:10.7759/cureus.7492

Abem. Associação Brasileira de Educação Médica. Resultados preliminares do diagnóstico das escolas médicas na epidemiacovid-19. Disponível em: < https://website.abem-educmed.org.br/resultados-preliminares-diagnostico-escolas-medicas/> Acesso em: 2020, abril 2020.

Brasil. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação, Câmara de Educação Superior. Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina. Diário Oficial da União, Brasília, 23 de junho de 2014. Seção 1, p.8-11. Brasília, 2014
BRASIL. PORTARIA No 342. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus. Diário Oficial da União: 18/03/2020. Edição: 53. Seção: 1. p. 39. Brasília, DF, 18 de março 2020.
BRASIL. PORTARIA No 345. Altera a Portaria MEC no 343, de 17 de março de 2020 . Diário Oficial da União: 18/03/2020. Edição: 54-D. Seção: 1 – Extra. p. 1. Brasília, DF, 19 de março 2020.
Harvey Anna. Covid-19: medical schools given powers to graduate final year students early to help NHS BMJ 2020; 368 :m1227

BRASIL. PORTARIA No 356. Dispõe sobre a regulamentação e operacionalização do disposto na Lei no 13.979, que estabelece as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus. Diário Oficial da União: 18/03/2020. Edição: 49. Seção: 1. p.: 185. Brasília, DF, 12 de março 2020

Abem. Associação Brasileira de Educação Médica. Recomendação da Abem a gestores e acadêmicos de cursos de Medicina. Disponível em: Acesso em: 2020, abril 2020.

BRASIL. MEDIDA PROVISÓRIA No 934. Estabelece normas excepcionais sobre o ano letivo da educação básica e do ensino superior decorrentes das medidas para enfrentamento da situação de emergência de saúde. Diário Oficial da União: 01/04/2020. Edição: 63-A. Seção: 1 - Extra. p. 1, Brasília, DF, 1 de abril 2020.
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Downloads

Não há dados estatísticos.