Programa saúde da família: a evolução da distribuição espacial das equipes e dos médicos especialistas no Brasil entre 2007 e 2017
V.1 No.1 (2019)
PDF

Palavras-chave

Estratégia de Saúde da Família

Como Citar

de Carvalho, L., Mendes, P., & Maia do Amaral, P. (2019). Programa saúde da família: a evolução da distribuição espacial das equipes e dos médicos especialistas no Brasil entre 2007 e 2017. APS EM REVISTA, 1(1), 62-74. https://doi.org/10.14295/aps.v1i1.19

Resumo

No início da década de 1990, o sistema de saúde brasileiro começou a direcionar esforços para o fortalecimento de uma atenção à saúde preventiva em conjunto com um acompanhamento contínuo das necessidades da população. Para o período de 2007 a 2017, foi observada uma grande expansão do Programa Saúde da Família pelo território brasileiro com significativa interiorização, especialmente das regiões Nordeste, Centro-Oeste e norte de Minas Gerais. Foi observado ainda um aumento no número de vagas em cursos de graduação de medicina e também um aumento no número de vagas de residência em medicina da família e comunidade, embora com intensa concentração na região Sudeste e em capitais estaduais. Além da formação desses profissionais, destacamos a necessidade da modernização da gestão de recursos humanos para a atração e fixação dos mesmos em áreas de maior necessidade da população, fomentando uma maior equidade do PSF.  
https://doi.org/10.14295/aps.v1i1.19
PDF

Como autor do artigo em anexo autorizo sua publicação, uma vez aprovado, na APS em Revista. Declaro ser de minha autoria o referido artigo e cedo, a titulo gratuito e em caráter definitivo, os direitos patrimoniais dele decorrentes. Assumo ainda inteira responsabilidade por seu conteúdo.

Autorizo a APS em Revista a publicar em meio eletrônico, na Internet ou a reproduzir por outros meios que venha a utiliza, bem como a edição, reedição, adaptação ou distribuição do referido artigo.

Downloads

Não há dados estatísticos.