Avaliação da Atenção Primária e a percepção do usuário sobre a qualidade da assistência: um estudo em cidade brasileira
V.1 No.1 (2019)
PDF

Palavras-chave

Atenção Primária à Saúde
Desempenho

Como Citar

Turci, M., Lima e Costa, M., & Macinko, J. (2019). Avaliação da Atenção Primária e a percepção do usuário sobre a qualidade da assistência: um estudo em cidade brasileira. APS EM REVISTA, 1(1), 3-17. https://doi.org/10.14295/aps.v1i1.13

Resumo

Existem evidências de que o fortalecimento da APS que gera os melhores resultados é aquele onde o conjunto de suas funções é desenvolvido e onde há a abordagem da APS como orientadora do sistema de saúde5. Na realidade brasileira, com a expansão da cobertura da atenção básica como resultado das políticas públicas, vem se buscando métodos de avaliação da sua efetividade. O governo brasileiro criou o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) com objetivo de ampliar o acesso e a qualidade do cuidado na atenção básica através do monitoramento e avaliação de sua estrutura, seus processos e resultados. Apesar da sua relevância, o instrumento utilizado possui parâmetros de avaliação ainda em processo de validação e que não foram construídos visando verificar os atributos da APS. O presente estudo teve como objetivo verificar se existe associação entre a qualidade da APS - medida a partir de seus atributos na visão dos profissionais de saúde - e a qualidade da atenção à saúde num município com APS desenvolvida.
https://doi.org/10.14295/aps.v1i1.13
PDF

Como autor do artigo em anexo autorizo sua publicação, uma vez aprovado, na APS em Revista. Declaro ser de minha autoria o referido artigo e cedo, a titulo gratuito e em caráter definitivo, os direitos patrimoniais dele decorrentes. Assumo ainda inteira responsabilidade por seu conteúdo.

Autorizo a APS em Revista a publicar em meio eletrônico, na Internet ou a reproduzir por outros meios que venha a utiliza, bem como a edição, reedição, adaptação ou distribuição do referido artigo.

Downloads

Não há dados estatísticos.